(11) 3326-3140 | (11) 3228-3377

A tela soldada é um material muito versátil e que se enquadra a inúmeros projetos, promovendo, na maioria das vezes, uma das telas mais utilizadas e conhecidas no processo de proteção.

Entretanto, ainda que algumas pessoas entendem do que se trata a tela soldada, sempre há algumas dúvidas sobre como escolher o modelo ideal para a sua necessidade e que esteja de acordo com todo o projeto elaborado.

Caso a sua dúvida seja essa, este conteúdo foi feito para você! 

Continue a leitura e fique por dentro do tema! ☺

Leia também: O que são telas soldadas, sua funcionalidade e modelos

Antes de tudo, vamos ao primeiro passo!

O principal é saber exatamente a aplicação e função da tela para o projeto. Não há como dar andamento na escolha se por acaso você não sabe qual material será mais assertivo para o processo. 

Em nosso primeiro contato, nós sempre diagnosticamos o projeto do cliente e na sequência, informamos qual o modelo de tela soldada mais adequado, dessa forma, você será direcionado as informações do material, preço, resistência, durabilidade, malha, espessura, entre outros fatores. 

Segundo passo! 

Após o primeiro contato, conseguimos entender qual será a tela, e automaticamente, já definimos se o ideal é rolo ou painéis.

Com essa informação também conseguimos definir se o acabamento será BTC (baixo teor de carbono) – ideal para peças que serão aplicados pinturas posteriormente; GALVANIZADO ou INOX.

Confira o exemplo na prática

Dependendo do projeto do cliente, podemos fabricar as telas soldadas no aço carbono, aço galvanizado ou aço inox.

Normalmente as telas em aço carbono são fornecidas quando as mesmas recebem algum tratamento posterior, seja uma pintura, ou galvanização do quadro/estrutura pronto. 

As telas em aço inox são mais utilizadas em áreas onde não se pode correr o risco de contaminação, ou ambientes altamente corrosivos. (Geralmente indústrias alimentícias e etc).

Quanto à escolha da malha e fio, isso vai depender diretamente da função dessa tela no projeto, ou seja, cada abertura e espessura da malha garante uma finalidade e característica. 

São utilizados fios mais fortes para telas onde precise ter uma maior resistência. (Ex: guarda-corpo, proteção periférica, porta paletes e etc).

Malhas mais fechadas são utilizadas quando as telas têm a função de restringir o acesso a algum local. (Ex: Proteção de máquinas, fechamento de almoxarifado e etc).

Esperamos que tenham aproveitado o conteúdo e que continuem acompanhando as nossas redes sociais!

Aproveitando, a equipe TECIAM deseja um Feliz Natal e um Próspero Ano novo! ♥